Blog, Empregabilidade, Trends

Professional Triber, Uma grande aposta para 2025

Escrito por no dia 09/03/2018

Certo dia, meu mentor disse que eu era uma Professional Triber e me sugeriu falar sobre isso. Eu, que pouco conhecia tecnicamente sobre o assunto, mas há muito tempo venho praticando em meus projetos, resolvi escrever sobre.

Mas afinal, quem é este “Profissional de tribo”? Antônio Gil da Ernst & Young o descreve como um profissional que têm facilidade de se relacionar com pessoas de várias culturas e perfis diferentes ao mesmo tempo em torno de um projeto comum, e o sucesso deste é baseado na forma como consegue interpretar, analisar e interligar todos os dados disponíveis.

E aí entra a boa novidade, esta é uma das profissões de grande aposta para 2025. As empresas contratarão este profissional, que será freelancer, para projetos específicos dentro dos negócios e seu objetivo será alinhar pessoas certas para cada projeto.

Devido a grande diversidade no mercado de trabalho, os profissionais com esta habilidade de relacionamentos terão grande destaque, pois farão com que um determinado projeto tenha melhor performance a partir do momento em que pessoas certas e com os mesmos objetivos estejam integradas à esta “tribo”.

Mas quem é e quem pode ser o Professional Triber?

Segundo Joe Tankersley – Futurista Estratégico (2017), este profissional possui três habilidades específicas:

– São conectores naturais: Ele descreve esta habilidade como a facilidade em detectar as pessoas certas, nos lugares certos para projetos certos, pois, para esta função, você terá que possuir um profundo banco de dados e de colaboradores. As plataformas de mídias sociais serão seu playground natural. Estas pessoas terão vantagem significativa nesta corrida.

– São pensadores críticos e criativos: Todo tipo de tarefa que possa ser rotineira poderá ser realizada e substituída por máquinas. Porém, trabalhos que necessitem novidade, criatividade e novas descobertas necessitarão de indivíduos com capacidade de pensar de forma criativa.

– São líderes serventes: Seus futuros estarão diretamente conectados ao sucesso das equipes que eles formarão. Eles perceberão que a melhor maneira de alcançar o sucesso é refletindo no sucesso de toda a tribo. O interesse não estará em construir marcas pessoais individuais e sim marcas pessoais das equipes.

 

Por isso, se você possui essas habilidades, ou parte delas, já pode começar a trabalhar desta forma, e com isso outras habilidades serão aprimoradas até que esteja preparado para assumir funções futuras. Um jeito de começar é conhecendo realmente quem são seus contatos nas mídias sócias, de onde são, com o que trabalham e ir criando relacionamentos, assim, quando os projetos estiverem para acontecer já saberá à quem reportar.

Imagens: Google

 Conheça também:

Banner-Adriano-Tadeu-Barbosa-Teste-de-Estilo-960x280


SOBRE O COLUNISTA

Kawana Ribeiro Gama

  • Linkedin
  • Facebook

Supervisora Escola Ponto Pessoal. Profissional atuante na área de Organização de Eventos Sociais e Corporativos desde 2013. Professora de Organização de Eventos e Etiqueta. Especializada em Marketing e Mercado de Luxo. Cursou Gestão de Mercado de Luxo no Centro Europeu. Atualmente busca especializações e novidades relacionadas ao marketing experiencial para eventos e momentos.

Criado com Area de Membros WP