Blog, Empregabilidade, Marketing Pessoal

O conhecimento não é suficiente para conquistar reconhecimento profissional

Escrito por no dia 24/07/2018

Para ter reconhecimento profissional, muitos profissionais acreditam que quanto mais cursos e experiências tiverem em sua área mais fácil será a chance de ter reconhecimento no mercado de trabalho ou receber uma promoção na empresa em que trabalham. Porém, muitas vezes, por mais que o profissional tenha excelentes qualificações, o reconhecimento infelizmente não acontece.

E por que isso ocorre?

Existem inúmeros motivos e nesse artigo vamos tratar de um deles que é sobre o marketing pessoal do profissional.

Não vou negar que conhecimento na área em que se atua é indispensável para qualquer profissional. Com a facilidade no acesso à informação para adquirir conhecimentos é importante sim estar bem qualificado para atender as exigências do mercado. Porém, além das formações técnicas, existem aspectos comportamentais que também influenciam na percepção que os outros têm em relação a você e ao trabalho que realiza.

Por exemplo: Sabe aquele profissional do escritório que conhece todos os processos da empresa e resolve todos os problemas que surgem, mas que é reconhecido pelos colegas como o ”rabugento e encrenqueiro”? Será que a imagem que ele transmite contribui para que ele seja reconhecido como um profissional digno de promoção? Ele pode até acreditar que mau humor e grosseria é sinônimo de poder e competência, mas como os colegas interpretam esse comportamento?

Blogspot.com

 

Dentro do mundo dos seriados, um famoso personagem que tem esse perfil é o Dr House.

House é um médico que se destaca não só pela sua competência profissional, mas também pelo seu mau humor e distanciamento dos pacientes e comportamento anti-social. House sempre entra em conflito com os médicos do hospital e sua equipe, além do descaso com as regras e procedimentos da empresa em que trabalha.

 

E quando é o contrário?

Por outro lado, há aqueles profissionais que tem pouca experiência e qualificação, estão no início da carreira, demandam muita atenção, orientação e acompanhamento dos gestores e colegas, porque nem sempre acertam de primeira, mas demonstram proatividade, vontade, comprometimento, interesse em aprender e contribuir com a equipe sempre de maneira positiva.

Se todo escritório gosta de sua postura e de ajudá-lo, ele deve estar causando uma ótima impressão e usando de forma positiva seu marketing pessoal. Esse é o caso da personagem “Andy” do filme “O diabo veste Prada”. Andy é uma jornalista recém formada que se esforça com muita dedicação para se adaptar aos padrões da empresa em que está, assume novas responsabilidades a cada dia e mantém excelente relacionamento com seus colegas de trabalho.

Gifer.com

 

Esses personagens demonstram dois perfis bastante diferentes, porém conheço profissionais que desempenham um excelente trabalho, ótimas qualificações e também mantém um bom relacionamento com os demais pares e gestores, mas não conseguem o merecido reconhecimento pelos resultados obtidos.

 

Mas afinal, o que falta, se há qualificação, experiência e bom relacionamento?

Para ser bem sincera, e como especialista em Marketing Pessoal, Coach e Psicóloga, com experiência de anos em RH de empresas, falta o profissional entender de si o que espera para a vida e do seu papel e responsabilidade na organização, compreender o que seu cliente/ gestor espera de seu desempenho e encontrar uma estratégia para comunicar seus resultados. Não há uma única resposta. Pode ser uma reunião mensal, solicitar um feedback, enviar relatórios de indicadores, opinar sobre determinado tema, etc. Cada profissional precisa fazer uma análise crítica sobre si mesmo e sobre o ambiente ao qual está inserido e escolher a melhor forma de demonstrar seus resultados.

E como saber se o seu melhor é suficiente? Saiba mais clicando AQUI.

 

O reconhecimento pelo trabalho não vem apenas pela qualificação técnica, mas também por tudo que você tem transmitido, pela forma de se comunicar, relacionar e agir. O Marketing pessoal não é autopromoção e vai muito além da roupa que vestimos.

Repense sobre isso: Como o seu marketing pessoal está influenciando a sua carreira? Você é uma marca! Saiba se vender!

 

Saiba mais sobre a Embaixadora em Curitiba/PR da Ponto Pessoal, Ana Carolina Pereira

O QUE É MARKETING PESSOAL Para @instaanacarolinapereira , nossa especialista e embaixadora em Curitiba/PR, são 6 itens: . A base é a definição dos objetivos que ao lado de planejamento de estratégia orientam o desenho das ações de marketing da pessoa que está focada em mostrar seu valor com resultados que obteve ao longo dos anos e carreira. Fazer #marketingpessoal é entrar em ação, que por incrível que pareça é um dos itens mais difíceis por quem busca evoluir neste tema, principalmente para gerar relacionamento, muitas vezes tendo mudanças de comportamento que irão definir o posicionamento/reconhecimento do profissional no mercado em que ele atua e quer ser reconhecido. Por isso a orientação neste processo é fundamental. . Já viu nossas outras definições? Cada um do nosso time tem trazido um significado sobre o que é o Marketing Pessoal em dias que saber se expor se torna mais estratégico para quem busca mais resultados e destaque nos mercados que escolhem atuar. . Continue a nos acompanhar e receba orientações para o seu marketing pessoal 👉🏻 links em nosso perfil 🥇 . Afinal, trabalhamos com pessoas bem-sucedidas que queriam se maximizar. Você é uma delas 😉 . Presença no 🇧🇷 e 🇵🇹 . #pontopessoal #personalbranding #consultoriadeimagem #brasil #portugal #coaching #autoconhecimento #estrategia #posicionamento #marketing #anacarolinapereira #curitiba

A post shared by Marketing Pessoal (@pontopessoal) on

 

Conheça também:

Banner-Adriano-Tadeu-Barbosa-Teste-de-Estilo-960x280

 

 

 

 


SOBRE O COLUNISTA

Ana Carolina Pereira

  • Linkedin
  • Facebook

Colunista independente Ponto Pessoal. Graduada em Psicologia com especialização em Gestão de Pessoas. Formação em Coaching e Orientação e Planejamento de carreira. Pelo Instituto Franklin Covey, cursou “Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes”. Atualmente está fazendo especialização em Marketing Pessoal com Adriano Tadeu Barbosa, através do Método Ponto Pessoal. Atua como especialista em RH e coaching de carreira visando à realização e satisfação profissional de seus clientes através de estratégias e planos de ação que impactem positivamente suas carreiras e tragam mais felicidade e equilíbrio em suas vidas. Possui know-how em recolocação profissional, empregabilidade, desenvolvimento de liderança e gerenciamento de carreiras.

Criado com Area de Membros WP