Blog, Marketing Pessoal, Método Ponto Pessoal

Como saber se o melhor é suficiente para o seu marketing pessoal

Escrito por no dia 07/05/2018

Em rodas de conversas com amigos, inúmeras vezes escuto depoimentos de pessoas que desejam iniciar algo, por em prática algumas ideias que possuem há anos, mas que não o fazem porque focam na perfeição.

Quem nunca adiou projetos por achar que estes não eram bons o suficiente ou ainda não estavam prontos para serem retirados do papel? Como saber se o melhor é suficiente para o seu marketing pessoal?

 

Velhos clichês

“O bom é inimigo do ótimo”.
“É melhor feito do que perfeito”.

Estas são frases conhecidas nossas. Infelizmente poucas são as vezes que as colocamos em prática.

Nestes dias, atendendo a uma cliente, ela me reportou o seguinte: “Mas eu dou o meu melhor e parece que ainda assim não é o suficiente. E aí eu me sinto culpada, porque naquele projeto eu dei o meu melhor e não deu certo.” Na mesma hora me veio à mente a frase de Mo Gawdat, autor do livro “Equação da Felicidade”, que diz: “você nunca é capaz de fazer melhor do que o seu melhor.”

 

Entendendo a frase

Essa frase ecoou na minha mente o dia inteiro quando a li em uma entrevista com Mo Gawdat. Ele completava a frase da seguinte maneira: “Aprendi isso com o meu filho, Ali. Ele nunca se culpava, nunca se estressava acerca de algo quando sabia que tinha dado o seu melhor. Se não tivesse feito o seu melhor, então ele sabia que da próxima vez teria de fazer melhor. Agora se ele tinha dado o seu melhor, ele não se importava.”

 

Essa tal culpa…

Infelizmente a maioria de nós não age com essa atitude. Muitas vezes, mesmo sabendo que demos o nosso melhor, culpamos a nós mesmos por algo não ter dado certo, ou temos atitude semelhante ao lamentarmos e buscarmos um outro culpado pela situação.

 

Pois bem, se demos o nosso melhor e não deu certo ou não funcionou de acordo com nossas expectativas, cabe a nós tomarmos uma decisão: continuarmos nos lamentando, achando que não somos merecedores e bons o bastante, ou pararmos – conscientes que demos o nosso melhor – e avaliarmos que atitudes/ações diferentes podemos tomar para obtermos um resultado diferente.

 

 

Como saber se o seu melhor é suficiente?

A resposta que eu dou é: se você fez o melhor que pode diante de todas as situações possíveis e AINDA não deu certo, Fique tranquilo! Ficar preocupado não vão fazer as coisas mudarem. Devemos deixar a perfeição de lado e confiar mais em nós. AGIR, dar a cara a bater, ousar. Se algo não está dando certo, pare, recalcule a rota e siga em frente. Dê o primeiro passo! Faça com o que você já tem. E siga confiando na pessoa que mais pode lhe ajudar nesse mundo e que você deve amar acima de qualquer coisa: VOCÊ.

 

Caso ao ler esse texto você lembrou daquele amigo(a) que precisa ver isso e que você gostaria de ajudá-lo(a), compartilhe esse texto com ele(a) – aqui ao lado tem os botões de compartilhamento. Há uma grande chance de ele(a) ficar extremamente grato(a).

 

Imagens: Todas as imagens são CC0 Creative Commons do Pixabay

 

Conheça também:

Banner-Adriano-Tadeu-Barbosa-Teste-de-Estilo-960x280


SOBRE O COLUNISTA

Mickaella Queiroz

  • Linkedin
  • Facebook

Embaixadora Ponto Pessoal Fortaleza/CE. Graduada em Ciências da Computação com especialização em Engenharia de Software. Analista de Tecnologia da Informação em uma empresa pública, com mais de 10 anos de experiência, onde atua no desenvolvimento de aplicações para o Governo Federal. Em 2016, descobriu sua nova vocação na Consultoria de Imagem & Estilo e com isso a importância da autoestima e do empoderamento. Consultora de Imagem & Estilo de Sucesso pela Viver Consulting e Personal Stylist pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Especializada em Coloração Pessoal: Método Sazonal Expandido pelo Studio Immagine by Luciana Ulrich. Palestrante com participação em eventos como Byte Girl 2017, o maior evento de tecnologia com foco no público feminino do Nordeste, em sua terceira edição. No momento, está fazendo especialização em Marketing Pessoal com Adriano Tadeu Barbosa, através do Método Ponto Pessoal. Seu propósito é orientar pessoas a transmitir a imagem de sucesso que elas têm ou desejam ter.

Criado com Area de Membros WP