Blog, Empreendedorismo

Como começar um negócio de serviços com menos de R$ 200,00

Escrito por no dia 05/03/2015

 

business texto renan

E se você pudesse ter o seu próprio negócio com menos de R$ 200,00?

Isto é plenamente factível! E eu mesmo sou a prova viva. Em 2009, eu e meu sócio, Aleksander Avalca, iniciamos nossa empresa com incríveis 25 reais cada um – 50 pila ao todo. Este dinheiro foi usado para comprar carões de visita. E foi todo o dinheiro utilizado!

As dicas que vou dar são ideias para:

1. Quem tem vontade de começar uma empresa, mas não quer abandonar o emprego
2. Quem quer largar tudo e abrir uma empresa – mas praticamente não tem dinheiro para isso
3. Quem recentemente iniciou um empreendimento

Criando uma ótima Proposta de Valor (custo: R$ 0,00)
Entenda como VALOR o real benefício que você entrega para o cliente. Seja segurança, conforto, diversão, esperança, etc. Para criar sua proposta de valor você precisa pensar em quatro questões:

1. Qual o seu serviço?
Esta é a parte mais óbvia. Se você já sabe que tipo de negócio gostaria de ter, ótimo! Uma etapa a menos. Mas muita gente gostaria de empreender, mas não tem a mínima ideia do que abrir.
Procure pensar na intersecção entre o que faz bem, o que gosta de fazer e o que as pessoas precisam de ajuda para resolver.
texto renan

Pensando rapidamente no assunto, eu vejo alguns serviços que eu, pessoalmente, poderia prestar:
– (Excel) Construção de ferramentas matadoras em Excel
– (Finanças Pessoais) Transformação financeira pessoal
– (Investimentos Financeiros) Assessoria de investimentos para micro investidores
– (Oratória / Apresentações) Criando apresentações arrasadoras

Todos os temas acima poderiam ser consultorias, treinamentos presenciais, vídeo-aulas online, conversas pontuais por Skype, enfim.
Você precisa identificar sua Intersecção de Valor – algo que você goste de fazer, faça bem e as pessoas pagariam para ter tal problema resolvido.

2. Qual o propósito do seu serviço?
O ponto aqui é ter muito claro o POR QUE do seu serviço. Em Administração dá-se o nome de missão organizacional.
Não é um mero modismo ou academicismo. É muito importante você ter claro este propósito.
Ele vai lhe ajudar a criar seu argumento de vendas, sem falar que vai servir como base para decisões futuras, como por exemplo atender ou não um determinado tipo de cliente ou projeto (a única vez que minha empresa se desvirtuou de nossa missão rendeu um super prejuízo… mas isto é história para outro momento).
A missão da KaminskiAvalca, por exemplo, é Fazer Pequenas Empresas Se Tornarem Grandes. E tudo o que fazemos, fazemos para tornar nossos clientes melhores empreendedores.

3. Quais os resultados esperados com os seus serviços?
Esta etapa é muito importante! Tem muuuuito prestador de serviço por aí vendendo serviços ao invés de vender resultados. Ninguém compra curso, consultoria, ajuda, opinião ou pitaco. Nós, simplesmente, compramos resultados.
Portanto, tenha muito claro quais resultados você vai alcançar com o seu serviço. E, mais importante ainda, deixe muito claro ao cliente quais os resultados previstos.

4. Como vai alcançar tai resultados?
Na questão 2, você responde o POR QUE o teu negócio / serviço existe. Na pergunta 3, você responde ONDE o cliente vai chegar ao lhe contratar. Agora você vai responder COMO irá fazer isto acontecer.
Exemplo: se você está criando vídeo-aulas de culinária japonesa caseira (porque você gosta, sabe sobre o assunto e tem muita gente que quer saber também). Como serão disponibilizadas estas aulas? Qual a metodologia a ser usada no ensino? O vocabulário será mais técnico ou mais informal? Quais serão as aulas a que a pessoa terá acesso? Etc. etc. etc.

Profissionalizando o Negócio (custo: < R$ 200,00)

Agora que você pensou a base do seu negócio, está na hora de dar uma profissionalizada – mesmo que aparente.
Novamente você vai criar 4 coisas:

1. Cartão de visitas (menos que R$ 50,00)
Mesmo que você esteja criando o negócio mais caseiro e informal do mundo, é importante passar um ar de profissionalismo.
Portanto você vai criar um cartão de visitas.

“Ah, Renan, mas eu não tenho nome da empresa, nem CNPJ e muito menos um logotipo”

Aí que vem a grande sacada: tem muitas gráficas que fazem a arte do cartão de visitas gratuitamente. Óbvio que não vai ficar um trabalho ultra profissional, mas provavelmente vai ficar bom o suficiente. Se você quer abrir uma empresa com menos de 200 pila não dá para querer muito também!

2. Domínio próprio (domínio R$ 25,00 – anual + redirecionamento menos que R$ 100,00 – anual)
Um erro que eu e meu sócio cometemos no início foi não ter um domínio de site e e-mail. Meu cartão, ao invés de estar renan@empresaXYZ.com.br, estava renan.XYZ@gmail.com.
É um micro detalhe, mas pode ser a diferença entre fechar um cliente ou ele escolher outra empresa.
Você irá entrar no site www.registro.br e vai pesquisar se o seu domínio desejado está disponível. Se sim, vai seguir as instruções e fazer o registro.

Além do registro do domínio você irá precisar de um serviço de redirecionamento. O que acontece: quando você registra, por exemplo, www.seucaozinhofeliz.com.br, você tem apenas o domínio. Mas este endereço não vai para lugar nenhum. Então, você precisa contratar uma empresa de hospedagem de sites que faça apenas o redirecionamento do endereço, ou seja, ao acessar o endereço acima a pessoa irá para OUTRO endereço – neste caso o endereço do seu blog (tópico abaixo).

Tome cuidado para ter certeza de que está contratando apenas o redirecionamento do domínio e não uma hospedagem inteira do site (site que você nem tem ainda) que irá custar bem mais caro.

3. Blog se passando por um site (R$ 0,00)
Existem algumas ferramentas gratuitas de criação de sites, assim como blogs. Eu, preferencialmente, prefiro blogs. Por que? Porque o blog tende a ser mais dinâmico e vai lhe “obrigar” a criar postagens para alimentar o blog. E quanto mais conteúdo novo e constante você tiver, melhor ranqueado irá ficar seu blog pelo Google.

Aqui vale uma atenção especial (aprende com quem errou!). O criador de blogs mais popular que existe é o WordPress. Mas, poucos leigos sabem que existe o WordPress.COM e o WordPress.ORG.
O segundo, .org, é um pouco mais trabalhoso para se criar, mas ele permite N customizações futuras. Já o .com é muito mais travado. É ultras simples de se criar, mas futuramente pode atrapalhar.

Na KaminskiAvalca não sabíamos desta diferença e criamos o .com. Hoje lamentamos bastante por este detalhe, pois não permite que nosso blog seja tão bom quanto poderia ser.
Obs.: o redirecionamento do domínio no item acima irá cair em seu blog. Então a pessoa digita, por exemplo, www.seucaozinhofeliz.com.br mas cai no blog www.seucaozinhofeliz.wordpress.org.

4. Apresentação porreta em Power Point (R$ 0,00)
Aqui vai depender um pouco do tipo de serviço. Mas se você está criando um serviço que tem um contato mais próximo do cliente, considero essencial que capriche numa apresentação em Power Point onde você vai apresentar o seu negócio – o por que da empresa, os diferenciais, clientes atendidos, etc., assim como apresentar a proposta de prestação de serviço em si.

Sempre que possível evite de apenas mandar orçamentos por e-mail. As pessoas simplesmente abrem o e-mail, pulam para a última página dos preços e avaliam se o preço está bom ou não. Lembra que temos que vender resultados? Se o cliente só se atenta ao preço, como ele vai perceber os resultados?


E aí? Acredita que é possível começar seu negócio com menos de R$ 200,00?!
Eu e meu sócio começamos com 50 mangos. Intuitivamente seguimos os passos acima. E aos poucos a empresa foi crescendo… Hoje, mais de 5 anos depois, tenho uma empresa lucrativa e que me paga um salário bastante justo.
Mas tudo começou informalmente com menos de 200 reais. Sim, é possível!

Até a próxima!

 


SOBRE O COLUNISTA

Renan Kaminski Damasceno é formado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Paraná, com MBA em Gestão Estratégica pela USP e certificado em Investigação Apreciativa pela Case Western University. Em 2009 abriu a KaminskiAvalca Consultoria Empresarial, hoje 4blue Gestão Empresarial (em 2015 ocorreu a mudança de marca) empresa que presta soluções de consultoria e treinamento em gestão para fazer com que pequenas empresas se tornem grandes. Além das consultorias ministra aulas, palestras e capacitações para empreendedores e alunos de Curitiba e outras cidades. Colunista na Revista Digital Ponto Pessoal. E-mail: renan@4blue.com.br | Site: www.4blue.com.br

Criado com Area de Membros WP