Blog, Lifestyle

A Importância da Escolha da Cor em Projetos Residenciais e Comerciais

Escrito por no dia 27/03/2017

A primeira vista, podemos pensar que é fácil escolher cores para uma sala, ou para nossa casa, porque escolhemos o que amamos e o que gostaríamos com base no que foi visto em uma revista ou em casa de um amigo. Porém, em muitos casos, os resultados não são bons, pois as cores não só tem a capacidade de mudar sensações e sentimentos como também profundidades, proporções, luminosidade dentro e fora dos ambientes, isso reforça a importância da cor em projetos residenciais e comerciais.

 

O bom e o mau uso das cores

Para um bom Designer de Interiores, as cores não são usadas aleatoriamente. Uma mesma cor pode apresentar significativas variações dependendo da sua relação com o que existe em torno dela, mudando drasticamente a sua percepção. O contexto e o critério irá revelar se uma cor será percebida como agradável ou não, correta ou errada, principalmente porque as pessoas percebem cores de forma diferente e os efeitos podem variar de indivíduo para indivíduo. Uma determinada cor pode inconscientemente despertar algumas memórias ou sentimentos bons ou ruins.

 

ponto_pessoal_imagens_site_6edicoes_assine-1

 

Assim, enfatiza-se que o uso incorreto das cores, além de prejudicar a estética do espaço, também influencia a percepção do indivíduo. A super estimulação como excesso de informação visual, cores fortes e desconectadas, alto brilho, entre outros, afetam a concentração e podem causar fadiga visual. Bem como o contrário, ambientes acromáticos (sem cor) e com pouco estímulo visual são entediantes, frios e consequentemente desconfortáveis.

Um exemplo dessa percepção de que o homem tem adaptado o uso das cores de forma a potencializar sua utilidade, foi a substituição dos jalecos e roupas brancas nos centros cirúrgicos dos hospitais por uniformes verdes ou azuis, ocorrida ao final do século XIX, para evitar o efeito pós-imagem. Esse efeito ocorre quando observamos fixamente uma cor por algum tempo e desviamos o olhar imediatamente para uma superfície branca, sendo a mesma imagem projetada, porém, com cor complementar, ou seja, a cor que está no oposto do círculo cromático. Dessa forma, a mudança de cores das vestimentas foi justamente para não atrapalhar na concentração dos médicos durante procedimentos cirúrgicos, fazendo que a pós-imagem fosse fundida e neutralizada.

 

A proporção áurea das cores por Goethe

O escritor e pensador Goethe estabeleceu uma espécie de proporção áurea para as cores: se uma cor é naturalmente mais luminosa, ou seja, mais clara, como o amarelo, ao combinar-se com um tom de natureza mais escura, a proporção entre ambas deve ser tal que a área ocupada pela cor mais luminosa seja menor. Além disso, existem inúmeros arranjos possíveis para harmonizar uma cor com a outra, elas podem ser definidas por afinidade, dissonância, consonância, proximidade, oposição, contraste, entre outros.

a importância da escolha da cor - 2

Esse e outros estudos reforçam a relevância das cores no ambiente físico. Portanto, é tácito que uma edificação seja residencial ou comercial ao apresentar uma correta aplicação das cores, luminosidade, saturação, tons e nuances, valoriza o ambiente, complementa e enfatiza a decoração, o que consequentemente agrega valor ao imóvel.

O uso adequado das cores contribui para bons resultados influenciando positivamente a cognição humana, podendo contribuir no desempenho de atividades, estimular a sensação de bem-estar, diminuir o esforço visual, entre outros benefícios.

 

As cores certas

Quanto saber quais as cores são adequadas e contemporâneas, importante refletirmos que o comportamento humano determina as tendência em cores, criando uma representatividade dos valores e sentimentos da sociedade. Vale lembrar que o apreço ou não de uma cor está intrinsecamente ligada ao aspecto cultural, religioso de um país ou região, essas questões devem ser avaliadas antes da escolha da cor para um projeto.

Também devemos levar em consideração fatores culturais, idade, sexo e localização geográfica na hora de escolher as cores em um projeto arquitetônico, pois a paleta de cores deve representar a identidade do proprietário e a realidade de seu ambiente.

 

Atenção

a importância da escolha da cor - 1

2017 representa um momento de mudanças sociais e econômicas, chama a reflexão, autoconhecimento e a explorar alternativas. Este ano, em especial sob efeito dessas mudanças, traz enfoque para a tendências da luminosidade, suas nuances, tons e desdobramentos. Mesmo com nuances tradicionais, as cores Highlights são tendências para imprimir vitalidade e energia nos projetos arquitetônicos. Vale lembrar que no Brasil também se destaca no uso do substancial, buscando tons que representam as raízes, o regionalismo e a brasilidade.

É claro que essas tendências nunca serão estanques e estarão em constante transformação, não é um destino fixo, mais um caminho constante de variações de tons e nuances, já que o uso das cores nas construções humanas são parte da estética que imprime a relação do homem e sua evolução.

 

a importância da escolha da cor - 3

 

Para continuar me acompanhando nas tendências em Design de Interiores, acompanhe meu Instagram =)

 

 

Instagram Lanisse Andriguetto

 

Destino Milão

Embarco para a Semana do Design de Milão, agora no começo de abril/2017, e por lá farei parte de um Tour guiado pela equipe do Destino Milão, que compartilho e convido a todos vocês. Vamos, comigo?

Destino Milao 1

Destino Milao 2

Quer trabalhar seu Marketing Pessoal?

Banner-Texto-Adriano-Tadeu-Barbosa-Marketing-Pessoal-Nao-E-Para-Todos

 

 

Para você que quer se especializar, conheça o Método Ponto Pessoal AQUI – primeiro curso de especialização em Marketing Pessoal online no Brasil com um ano de duração, clientes reais e divulgação do seu trabalho.

 

 

capafacebook-adrianotadeubarbosa-red-828x315


SOBRE O COLUNISTA

Colunista independente Ponto Pessoal, bacharel em Turismo por formação, especializou-se  em Design de Interiores, Cores e Iluminação pelas mais renomadas escolas de Curitiba, São Paulo e Milão na Itália. Desde muito cedo observou que a Arquitetura e Design poderiam trazer muitos benefícios ao nosso dia a dia. Foi proprietária de uma Agência de Turismo e trabalhou para uma companhia Italiana, ambas experiências lhe deram a oportunidade de viajar e conhecer alguns lugares clássicos e exóticos do mundo, que difere seu trabalho hoje como Designer de interiores. | Instagram: https://www.instagram.com/lanisseandriguetto/

Criado com Area de Membros WP