Blog, Clipping, Empreendedorismo

2017 e suas tendências empreendedoras

Escrito por no dia 28/12/2016

10-tende%cc%82ncias-para-quem-quer-empreender-em-2017-materia-pegn-out-2016A revista PEGN, agora em outubro, trouxe “10 TENDÊNCIAS PARA QUEM QUER EMPREENDER EM 2017″ – veja matéria completa AQUI, o que me motivou a escrever este texto, procurando ainda mais oportunidades para quem é ou quer ser empreendedor.

O melhor resultado é que encontrei nesta pesquisa elementos que confirmam oportunidades para quem trabalha com pessoas, educação, marketing pessoal e mercado de luxo. São mais de 60 áreas em destaque nesta pesquisa, apresentada abaixo em forma de artigo, também trabalhado na imprensa, pela assessoria do Centro Europeu, onde eu supervisiono o curso de Empreendedorismo, em Curitiba/PR.

 

Quem é empreendedor sabe da importância de estar atento ao mercado e ao comportamento do consumidor para encontrar oportunidades e novos negócios. O segredo é se relacionar com outros empreendedores, traçar e seguir um plano.

 

Antes de tudo, qual o objetivo do seu negócio?
“Não ter um entendimento claro do que seu negócio e marca representam no mercado é o erro mais comum e prejudicial na escolha e divulgação da marca”, segundo o empresário e famoso investidor no programa de TV Shark Tank, Daymond John, em matéria exclusiva na revista Entrepreneur, que já alcançou a casa dos $6 bilhões de dólares em seus negócios.

“A cada ano que passa, empreender se torna uma tarefa mais desafiadora, pois o mercado, cada vez mais competitivo, seleciona aqueles que entendem a importância de pensar fora da caixa e se reinventar”, destaca Augusto Köech, jovem empresário de Curitiba e proprietário da marca de acessórios nacional Guto Koëch, queridinha entre os famosos.

Mas se tudo fosse fácil, todos faziam, como diz a máxima que percorre entre as conversas de empreendedores, alunos e mentores do curso de empreendedorismo do Centro Europeu, em Curitiba/PR.

“As perspectivas são positivas para o ano de 2017 no que refere-se ao crescimento e empreendedorismo no Brasil”, traz a psicóloga e empreendedora Emanuelle Araújo Mendes, que enfatiza a grande importância de se manter atualizado, atento à inovação, capacitação, para gerar resultados com qualidade. Quanto mais ela vivencia esse universo, percebe que o mesmo deve ser pautado em eficiência, agilidade, resolução de problemas e/ou necessidades e resultados. “É isso que nosso cliente busca cada dia de maneira mais criteriosa e o empreendedor que atingir esses requisitos tende a crescer e manter esse crescimento. Sendo esse, o maior desafio”, finaliza.

O jovem milionário aos 22 anos, Tucker Hughes, traz que o segredo é reinvestir em você: “O investimento mais seguro que eu já fiz foi em meu futuro. Leio todos os dias por pelo menos 30 minutos, ouço podcasts relevantes enquanto estou dirigindo e procuro bons mentores. Você não precisa ser apenas excelente em sua área, mas um gênio capaz de conversar sobre qualquer assunto, seja política, finanças ou esporte. Consuma conhecimento assim como você respira e mantenha seu desejo de aprender acima de qualquer outra coisa. Ainda acredito que é preciso mimar você mesmo com algumas recompensas e para não pirar. Eu, por exemplo, faço uma sessão de massagem toda semana”.

Pensando em tudo isso e para trazer a certeza de que é possível e capaz chegar lá, começando já e refletindo em 2017, eis algumas indicações e tendências.

O Sebrae, com seu boletim do empreendedor, traz 50 tendências para explorar, que se dividem em:

– Sustentabilidade, com consciência maior ao planeta;
– Colaboração (o mundo é do conjunto);
– Comportamento, com destaque à beleza masculina, que em 2019 pode dar ao Brasil o título de primeiro país no mundo no consumo desses produtos e serviços;
– O consumo esperto, com destaque a economia compartilhada, onde o experenciar é melhor que o ter;
– As experiências à venda, porque vender tornou-se muito mais que fechar negócios, mas um composto de sensações;
– Mobilidade, porque o acesso aos smartphones e a internet abraça a sociedade;
– Novas demografias, como a terceira idade e os novos solitários, pessoas que moram só;
– Nichos em alta, como cuidado com pessoas com necessidades especiais e o mercado de luxo, pela sua exclusividade e customização;
– Negócios globais, devido a visibilidade que o país alcançou com os eventos globais e a busca pelos estrangeiros em oportunidades no país;
– Qualidade de vida, que passa pela alimentação, trabalho e lazer.

 

E a revista PEGN, que recentemente trouxe 10 áreas de destaque inspiradas em uma matéria na revista americana INC. São elas:

– Necessidade de inovação tecnológica sem muito trabalho;
– Ferramentas que auxiliam marcas pessoais;
– O comportamento dos jovens “Millennials”;
– Treinamento para quem trabalha remotamente;
– Possíveis vendas de empresas;
– Saúde e nutrição;
– E-commerce;
– Estratégias para manter os clientes sempre próximos;
– Treinamentos que destacam ainda mais os pontos fortes das pessoas;
– Foco em sustentabilidade para produtos e marcas.

 

Por fim, segundo os pesquisadores do Science Daily, manter o foco na recompensa é uma forma de chegar a estágios mais profundos do cérebro, que controlam a liberação da dopamina, garantindo que a motivação permaneça alta.
E sem ela, o empreendedor não dá nem o primeiro passo, de terminar de ler e refletir sobre este artigo.

Vamos lá! 2017 ainda está há alguns dias da real chegada e somente nesta leitura você já pode começar o que está somente em pensamentos.

 

Referências visitadas em 25/out/2016 para construção do artigo:
https://www.entrepreneur.com/article/237760
http://www.jornaldoempreendedor.com.br/the-growth-hacker/marketing-digital/4-licoes-sobre-branding-que-voce-nao-vai-querer-aprender-da-maneira-dificil/
http://revistapegn.globo.com/Dia-a-dia/noticia/2015/12/como-um-jovem-de-22-anos-mudou-suas-atitudes-e-se-tornou-milionario.html
http://revistapegn.globo.com/Empreendedorismo/noticia/2016/10/10-tendencias-para-quem-quer-empreender-em-2017.html
http://www.boletimdoempreendedor.com.br/boletim.aspx?codBoletim=609_50_tendencias_para_explorar

 

E com felicidade, aproveito para divulgar a nova turma do Método Ponto Pessoal. Quer se especializar em Marketing Pessoal? Veja os depoimentos de quem já está conosco AQUI.

metodo-ponto-pessoal-site

 

Este artigo também saiu nos veículos:

Clique abaixo e leia na íntegra em cada veículo.

Alerta Rondônia

Brasil 247

Empreendedor

Jornal Web Digital

Mundo RH

Notícias e Negócios

Novo Momento

Perfil WE

Portal Fator Brasil

Fire Mídia

SEGS

Fala Barreiras

ACIAM – Associação Comercial e Industrial de Mauá

Folha Regional

IC News

Loocalizei

 

ponto_pessoal_imagens_site_6edicoes_assine-1


SOBRE O COLUNISTA

  • Linkedin
  • Facebook

Fundador e CEO da Ponto Pessoal, primeiro portal, revista e escola digital do Brasil e Portugal especializados em Marketing Pessoal. Especialista em marketing Pessoal desde 2006, professor, palestrante internacional, carreira pautada em consultorias, aulas, supervisão de cursos e criação de conteúdos desde 2006, tendo criado e supervisionado cursos de marketing, empreendedorismo e mercado de luxo, pelo Centro Europeu e ISAE/FGV em Curitiba e Paris, capital francesa, onde se especializou em Mercado de Luxo no ISAE Brasil e ISC Paris. Hoje também é Embaixador da marca Exaixo e do Portal Topview do grupo RIC Record PR no sul do Brasil, onde apresenta seu programa semanal na TV TV.
Currículo completo em www.adrianotadeubarbosa.com | Contato: adriano@pontopessoal.com.br

Criado com Area de Membros WP